Limpeza se tornou a arma para garantir a saúde e a segurança do indivíduo

home > Índice de Mundo Facility > Conteúdo

CLIMATIZAÇÃO E MANUTENÇÃO PREDIAL
 

Limpeza se tornou a arma para garantir a saúde e a segurança do indivíduo

Grupo Albatroz investe em inovação, como revisão de fluxos e processos, e entende que o momento é fazer mais com menos

Daqui para frente, a economia ganhará novas estratégias, consequentemente, as organizações também. Nem dá para acreditar ou aceitar que o cenário será como antes. O ser humano mudou, ou está em processo de mudança, de seu modo de pensar e agir. Se o indivíduo muda, por conta de fatores externos controláveis ou não, o seu meio também sofre alterações, como os valores com relação à família, ao ambiente de trabalho e, claro, como será as novas formas de administrar empresas.

Perceba que as prioridades também se inverteram. E de repente, a limpeza passa ser a maior arma para garantir a saúde de uma comunidade mundial. Nesta hora, não dá para economizar. O colaborador que precisa estar no trabalho, ali na linha de frente, é um pai, uma mãe, um filho, um avô, ou seja, todos são iguais e têm a mesma importância. 

A limpeza profissional ganhou destaque e relevância neste cenário. Os detalhes podem parecer simples no cotidiano, mas a higienização tornou-se uma ação estratégica com processos definidos. Por várias vezes ao dia, portarias, recepções, catracas, elevadores, mesas, mouses, teclados, maçanetas, corrimões, vestiários, entre outros precisam estar mais do que limpos, higienizados estrategicamente para proteger uma vida. Nas casas, isso não tem sido diferente, mas nos lares o controle é maior pela baixa circulação de pessoas.

Como fazer mais com menos

Ao mesmo tempo em que a limpeza se tornou prioridade, há um outro desafio em âmbito econômico: otimização de recursos. O consumo se tornou consciente, e os recursos financeiros passam a ficar protegidos. Sendo assim, abre uma brecha para a famosa inovação: como vamos fazer mais, com menos.

Não podemos pensar em inovação somente em termos tecnológicos, mas sim em eficiência. Este tem sido o desafio da Albatroz, revendo processos e fluxos operacionais para manter a mesma qualidade, produtividade e com o menor custo para o cliente, que mais precisa de um serviço essencial neste momento de sobrevivência mundial.

Foi exatamente isso que fizemos, reunimos a equipe operacional, recursos humanos e de finanças e, juntos, pensamos na melhor estruturação de entrega de serviço. É um trabalho longo, que requer encarar o problema e buscar uma rápida solução. Rever fluxos e processos e investir mais em capacitação foram algumas ações imediatas que conseguimos fazer em nome da eficiência e entrega.

Não estamos sozinhos nesta jornada. Creio que este exercício tem sido diário nas organizações e vejo que buscar o novo será o comum do dia a dia. Isso é inovação e tentar trazer o melhor do ser humano para outro ser humano.

Assim, por meio de um vírus, saímos da zona de conforto e construímos juntos um mundo único pensando num propósito maior: na saúde e na segurança de todos.

Daniella Barbosa é Diretora de Novos Negócios do Grupo Albatroz Saúde e Segurança

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Envie os nossos conteúdos por e-mail. Utilize o formulário abaixo e compartilhe os link deste conteúdo com outros profissionais. Aproveite e escreve uma mensagem bacana.

Aproveite para compartilhar conosco o que achou do teor deste conteúdo. Nossa equipe e o mercado querem ouvir a sua opinião. Vamos lá?

Faça uma busca

Acontece

As melhores práticas de gestão

Entenda de uma vez por todas a importância de ter uma visão ampla e estratégica sobre o dia a dia das operações prediais.

Sugestão da redação

Mundo Facility

Mercado para idosos cresce e demanda novas tecnologias e casas de repousos

[Real Estate] A população de idosos no Brasil beira a casa dos 40 milhões de brasileiros

Mundo Facility

Empreendimento com conceito multiuso da A.Yoshii

[Real Estate] Inspira urbanismo contemporâneo em Londrina/PR

Mundo Facility

Inovar no setor público é possível

Arquitetura institucional de inovação ainda tem um longo trajeto a construir e percorrer

Mundo Facility

Hotel Rosewood e o uso de materiais genuinamente brasileiros

Entenda o processo de "tropicalização" do projeto externo da Cidade Matarazzo

Matérias líderes de audiência

Mundo Facility

Mercado para idosos cresce e demanda novas tecnologias e casas de repousos

[Real Estate] A população de idosos no Brasil beira a casa dos 40 milhões de brasileiros

Mundo Facility

Empreendimento com conceito multiuso da A.Yoshii

[Real Estate] Inspira urbanismo contemporâneo em Londrina/PR

Mundo Facility

Inovar no setor público é possível

Arquitetura institucional de inovação ainda tem um longo trajeto a construir e percorrer

Mundo Facility

Hotel Rosewood e o uso de materiais genuinamente brasileiros

Entenda o processo de "tropicalização" do projeto externo da Cidade Matarazzo